Carrinho

Não! Pode parecer estranho fazer essa afirmativa, mas é bastante comum as pessoas acreditarem que por se tratar de um produto natural, que os Óleos Essenciais podem ser utilizados indiscriminadamente por qualquer pessoa, mas não. Como dito anteriormente aqui, antes de fazer uso dos Óleos Essenciais, é necessário algum conhecimento sobre o Óleo que será utilizado e ter certeza da forma de uso e se ele será seguro para quem fará o uso. Nesse post vou falar um pouco mais sobre as precauções que devem ser tomadas para um uso seguro e as formas de uso.

PRECAUÇÕES:

Não indicados para gestantes: Artemísia, Canela, Cipreste, Citronela, Cravo, Erva-doce, Gengibre, Hortelã-pimenta, Manjericão, Manjerona, Palmarosa, Sálvia Esclareia e Tomilho.

Contraindicados nos 3 primeiros meses de gestação: Alecrim, Cedro, Eucalipto, Gerânio, Laranja, Limão, Olíbano, Patchouli e Tangerina.

Contraindicados para crianças menores de 2anos: Artemísia, Cravo, Erva-doce, Hortelã-pimenta, Lemongrass, Sálvia Esclaréia e Tomilho.

Contraindicados para lactantes: Artemísia, Cravo, Gengibre, Hortelã-pimenta, Sálvia Esclareia e Tomilho.

Óleos fototóxicos (link sobre fototóxicos): Bergamota Limão Tahiti, Limão Siciliano, Grapefruit, Cominho, Mirra Doce e Angélica (raiz). Para quem achava que apenas óleos essenciais de cítricos, poderiam ter fotoxissidade, eis a dura verdade… por isso precisamos sempre conhecer os Óleos Essenciais que vamos usar.

Formas de uso:

A- Aromatização ambiental – no aromatizador de tomada: 5 gotas de Óleo Essencial, o restante do recipiente de água.

D- Difusor: de 5 a 10 gotas, dependendo da quantidade de água colocada no recipiente.

S – Spray: de 15 a 20 gotas em 500ml de água destilada.

AA- Agua aromática: 20 gotas para 100ml de água destilada.

B – Banho: 1 gota na bucha ou de 3 a 5 gotas na banheira.

BA – Banho de assento: de 3 a 5 gotas em uma bacia de água.

C – Compressa: 2 gotas para 500ml de água.

EP – Escalda-pés: 10 gotas em 5 litros de água morna. Descansar por 20 minutos.

I – Inalação: 6 a 8 gotas por litro de água fervente. Com muito cuidado para não queimar-se com a água, cobrir a cabeça com uma toalha e inalar por 15 a 20 minutos.

M – Massagem (adulto): 30 a 40 gotas em 60 ml de óleo carreador vegetal.

SB – Saúde Bucal: 1 gota para meio copo de água para bochechar.

UC – Uso Cosmético: na diluição de 1,0 a 2,5% em óleos vegetais, xampus, sabonetes líquidos, óleos pó-banho, cremes hidratantes neutros, máscaras de argila, máscaras capilares, tônicos faciais, etc.

UT – Uso Tópico: 1 a 2 gotas direto no local. *Nem todos os Óleos Essenciais podem ser utilizados direto na pele, sempre consultar antes de fazer o uso.

V – Vaporização facial: 4a 6 gotas por litro de água fervente (com muito cuidado), adicionando as gotas aos poucos com a cabeça coberta por uma toalha, por 5 minutos.

USO INTERNO: A ingestão de Óleos Essenciais pode ser arriscada, por se tratarem de substâncias muito concentradas, como já dito anteriormente. Podendo causar irritação gástrica, se não forem diluídos corretamente, podem se acumular no corpo, caso a dosagem seja muito alta e contínua. Deve se ter ainda mais cautela em caso de gravidez, epilepsia, distúrbios hepáticos, pressão alta, problemas hormonais ou qualquer outra condição de saúde. Logo, a ingestão de Óleos Essenciais, só deve ser feita sob prescrição médica ou terapeuta qualificado que saiba de qualquer condição de saúde que você possa ter.

Apenas faça uso interno de Óleos Essenciais se for indicado por especialistas habilitados para isso, pois eles deverão saber sobre os Óleos Essenciais que podem ou não serem ingeridos, dosagem, diluição e tempo de tratamento sem que isso traga riscos à sua saúde.

Outro cuidado que se deve ter antes de ingerir qualquer Óleo Essencial, é saber a procedência do mesmo, pois ingerir um Óleo Essencial adulterado pode ser muito perigoso para a saúde, então procure por Óleos Essenciais de grade terapêutica sempre! Algumas empresas como a doTerra disponibilizam o arquivo de como é feito o teste para obtenção do certificado de pureza. https://www.doterra.com/BR/pt_BR/cptg-testing-process

DILUIÇÕES:

Antes de utilizar os Óleos Essenciais na pele, é importante atentar-se à porcentagem referente a finalidade de uso, a idade e as condições de saúde da pessoa que fará uso. O Óleo Vegetal Carreador é de sua escolha, mas é importante que se leve em consideração o modo de extração, dando preferência à óleos vegetais prensados à frio e esteja também é importante saber sobre os óleos comedogênicos, pois isso fará toda a diferença quando aplicados na pele.

* Deve-se tomar muito cuidado ao utilizar Óleos Essenciais em animais, especialmente gatos, pois são muito sensíveis e alguns Óleos Essenciais podem fazer muito mal a eles.


7 comentários

Mas afinal, o que são Óleos Essenciais? – Connaturalis · janeiro 8, 2019 às 11:31 am

[…] pois como dito anteriormente, eles são muito concentrados e apenas alguns podem ser utilizados sem diluição e apesar de terem efeitos secundários reduzidos, alguns não podem ser utilizados, mesmo que […]

5 tips to wake up more willing – RAUL BUCHI · janeiro 9, 2019 às 7:15 pm

[…] this every day is practically impossible. But, some simple habits can help you achieve the morning mood you need to cope in the mornings more […]

The good, the evil and Batman - RAUL BUCHI · janeiro 12, 2019 às 4:56 pm

[…] square, Batman appears holding the arm in rising of the boy and confronted him with face to face. A first inclined plane with a special highlight of the encounter of the eyes. The scared boy and the […]

About gods and managers - RAUL BUCHI · fevereiro 26, 2019 às 10:16 am

[…] not adapt are displaced from their original labor markets (not only jobs, work branch). There is no happiness at the end of the rainbow, no satisfaction. One can, in the case of life being work, find some […]

Thoughts, feelings and, realities - RAUL BUCHI · março 22, 2019 às 2:36 pm

[…] reaching a conclusion of which of the two should be taken as the most reliable source for the understanding of […]

Gestão da vida pelo medo - RAUL BUCHI · julho 5, 2019 às 1:01 pm

[…] não é o vazio que nos move. O vazio não existe, há sempre um preenchimento básico, um recheio essencial feito pelo sofrimento. Quando há o abandono de si, não se cai no nada, se cai na angústia e no […]

Management of life by fear - RAUL BUCHI · julho 5, 2019 às 1:01 pm

[…] presence of this essential filling is absolutely negative in terms of an emotional experience, and it is pure displeasure. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code